Perfil Coworker | José Mubarack, Terranova Investimentos.

José Roberto Mubarack Filho,

Assessor de Investimentos na Terranova Investimentos, formado em Administração de Empresas pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP com MBA em Mercado de Capitais pelo FIPECAFI – USP.

Estúdio Capanema: Fale-nos um pouco sobre suas experiências na área financeira?

José Mubarack: Meu interesse no mercado de ações começou cedo, pois meu pai sempre trabalhou em corretora de valores.

Em 2004, comecei a trabalhar como estagiário na mesa de operações da Bradesco Corretora e, posteriormente, no Banco e Corretora Fator.

Naquela época as corretoras trabalhavam somente com bolsa de valores negociando ações e contratos de BM&F.

De lá para cá, o mercado brasileiro amadureceu e as corretoras passaram a distribuir praticamente os mesmos produtos dos bancos, atendendo, desta forma, o investidor de todos os perfis.

Em virtude do péssimo serviço que os bancos prestam e também do desconhecimento sobre investimentos pelo brasileiro, há um imenso mercado de poupadores mal atendidos no Brasil e é aí que nossa empresa atua.

Estúdio Capanema: O que é a Terranova Investimentos?

José Mubarack: É uma empresa de assessoria de investimentos que distribui produtos da Xp Investimentos, atualmente, a maior corretora independente do Brasil.

Estúdio Capanema: Quem são os sócios e como surgiu a parceria?

José Mubarack: Somos em 5 sócios: Eu, Pedro Porto, Nestor Lara, Enio Freire e Lorenzo Lorenzetti.

Todos nós trabalhamos em corretoras e bancos. Então, nos conhecemos ao longo de nossa trajetória profissional.

Estúdio Capanema: Há quanto tempo estão no mercado?

José Mubarack: A Terranova foi fundada em 2010 e hoje possui 120 milhões de patrimônio sob sua assessoria.

Estúdio Capanema: Quais são os principais diferenciais para quem contrata o serviço da Terranova Investimento?

José Mubarack: Serviço e produto. Nesta ordem.

Estúdio Capanema: Qual o perfil do investidor que opta por investir na Bolsa de valores pela primeira vez?

José Mubarack: O perfil é muito diversificado e não necessariamente o investidor que aplica em ações é arrojado. Em sua maioria são pessoas conservadoras ou moderadas que colocam uma pequena parte de sua poupança em busca de maior remuneração.

Essas pessoas visam o investimento de longo prazo e procuram empresas sólidas para se tornarem sócias.

Estúdio Capanema: Quais são suas dicas para quem quer investir, mas não sabe como funciona o processo?

José Mubarack: Hoje as informações sobre o assunto são facilmente encontradas.

Sugiro que antes de procurar uma corretora, o futuro investidor leia sobre o assunto ou faça um curso básico sobre investimentos para depois colocar o conhecimento em prática, principalmente no que tange o investimento em ações.

Estúdio Capanema: Quais as estratégias adotadas para atrair investidores em meio à crise?

José Mubarack: Crescemos muito na crise, pois as pessoas passaram a poupar mais.

Em 1 ano aumentamos o nosso patrimônio em mais de 50% atuando passivamente – como, por exemplo, recebendo indicações de atuais clientes.

 

Estúdio Capanema: O ano de 2016 tem sido um ano difícil em decorrência da crise. Quais são as perspectivas para o futuro?

José Mubarack: A proximidade do impeachment trouxe um otimismo ao mercado, mas o Brasil ainda terá um longo caminho para retomar a confiança, bem como, colocar as contas em dia.

O país passa por uma crise política e financeira muito grave e isto não se resolve da noite para o dia.

Entretanto, como o mercado trabalha com expectativa, se o atual governo sair, mesmo com todos os problemas que o Brasil tem a enfrentar, no médio prazo, pode haver uma melhora no de fluxo de capital para cá e, consequentemente, uma diminuição na expectativa dos juros futuros.

Neste contexto, quem estiver posicionado em títulos pré-fixados e ações pode ser beneficiado com retornos acima do CDI.

Estúdio Capanema: Vocês estão no Estúdio Capanema há quanto tempo? Como você se sente em trabalhar num espaço coworking?

José Mubarack: Estamos no Estúdio Capanema desde janeiro de 2015 e gostamos muito de trabalhar por aqui.

A localização e o ambiente de trabalho são excelentes.

A experiência de conhecer outras pessoas, estrangeiros inclusive, com outras profissões é muito enriquecedora.